Archive

Arquivo por Autor

RiseUP Portugal: O Neoliberalismo é um Fascismo

Fonte: RiseUP Portugal: O Neoliberalismo é um Fascismo

Eu afirmo, que o neoliberalismo é um fascismo porque a economia sujeitou os governos dos países democráticos, como também cada um dos fragmentos do nosso pensamento.

O Estado, está agora ao serviço da economia e da finança, que o tratam como um subordinado, explorando-o até ao ponto de por em risco a preservação do bem comum.

A austeridade tão desejada nos meios financeiros transformou-se num valor superior que substituiu a política. Sucede que “fazer poupanças” tornou-se uma maneira de evitar qualquer outro objectivo público. O principio da ortodoxia orçamental é de tal ordem, que quer mesmo que seja inscrito na Constituição dos Estados. A noção de serviço público é ridicularizada. O niilismo que agora decorre permitiu mesmo anular o universalismo e os valores humanos mais importantes: solidariedade, fraternidade, integração e o respeito de todos pelas diferenças. Até mesmo a economia clássica tem dificuldades em se realizar. O trabalho era antes um factor de procura e por isso os trabalhadores eram respeitados; a finança internacional fez do trabalho uma variável simples de ajustamento. (leia o artigo completo no link acima)

Categorias:Portais e blogs

‘Constituição é um remédio contra maiorias. Moro extrapolou seu poder’ | Brasil 24/7

Fonte: ‘Constituição é um remédio contra maiorias. Moro extrapolou seu poder’ | Brasil 24/7

“Sergio Moro extrapolou seu poder de juiz. Na democracia, juízes tem seu poder limitado. Pela lei e pela Constituição”, avalia o advogado Lenio Luiz Streck, membro catedrático da Academia Brasileira de Direito Constitucional, professor titular da Unisinos e Unesa; “Ele confessadamente divulgou conversas telefônicas obtidas ilicitamente, instituiu uma nova leitura no Código de Processo Penal com as conduções coercitivas – todas ilegais -, extrapolou o prazo de prisões preventivas, além da condução autoritária das audiências. Parece que, para ele e a força tarefa da Lava Jato, os fins justificam os meios”

Categorias:Portais e blogs

Suplicy pede que MP apure relação de Doria com consultorias no Programa de Metas — Rede Brasil Atual

Categorias:Portais e blogs

Os malditos do Estado Novo – PÚBLICO

Fonte: Os malditos do Estado Novo – PÚBLICO

REPORTAGEM

Os malditos do Estado Novo

Como é que o Estado Novo lidava com o mendigo, o vadio, o cadastrado, “a prostituta de escândalo público”, o homossexual e outras figuras que entendia como um perigo para a identidade nacional? Que modelo criou para os reprimir e regenerar?

23 de Abril de 2017, 7:00

Categorias:Portais e blogs

A crítica à polarização sempre esteve a serviço da dominação de elites predatórias e sempre se configurou como o exercício da hipocrisia nacional – Viva a polarização, por Aldo Fornazieri | GGN

13 de março de 2017 Deixe um comentário

Fonte: Viva a polarização, por Aldo Fornazieri | GGN

Categorias:Portais e blogs

ConJur – STF paga o pato! Existem mentiras pequenas, grandes e… estatísticas

26 de fevereiro de 2017 Deixe um comentário
Categorias:Portais e blogs

Como funciona a engrenagem das notícias falsas no Brasil – 19/02/2017 – Ilustríssima – Folha de S.Paulo

24 de fevereiro de 2017 Deixe um comentário

RESUMO Reportagem mostra como funciona a fábrica de títulos sensacionalistas e inverdades que se disseminam nas redes sociais. Sites faturam de acordo com a audiência, que conteúdos apelativos impulsionam. Pesquisas mostram que a maioria dos leitores tem dificuldade em distinguir boatos de informações confiáveis. Leia também o texto de Nelson de Sá sobre como grandes corporações de mídia e redes sociais estão lidando com a questão e o de Oswaldo Giacoia Junior em que o autor analisa o atual fenômeno de relativização da verdade à luz de conceitos como o perspectivismo nietzschiano.

Fonte: Como funciona a engrenagem das notícias falsas no Brasil – 19/02/2017 – Ilustríssima – Folha de S.Paulo

Categorias:Portais e blogs
%d blogueiros gostam disto: